Drinques refrescantes para amenizar o calor dos dias quentes de verão


RIO — É verão, tempo em que se refrescar é um ato de resistência. É o primeiro dia do ano, tempo em que celebrar à vida é um ato de esperança. Para encarar as altas temperaturas sem derreter neste período de recomeço nada melhor do que brindar à vida com um drinque geladinho. Bares e restaurantes da região têm novidades para espantar o calor em grande estilo.

Leia mais:Zeca Pagodinho abre novo bar no Flamengo

Com 50 anos de tradição na Tijuca, o Churrasqueto Lareira Original aposta em dois drinques que já caíram no gosto dos clientes da casa. Sócia do restaurante, Marisol Baz conta o que a sua equipe preparou para esses dias quentes.

Marisol Baz é sócia do Churrasqueto Lareira Original, que lançou a caipirinha de vinho Foto: Divulgação/Pedro Plá
Marisol Baz é sócia do Churrasqueto Lareira Original, que lançou a caipirinha de vinho Foto: Divulgação/Pedro Plá

— Criamos uma caipirinha de vinho tinto que, ao contrário do que se pode imaginar, é muito refrescante. O vinho harmonizou perfeitamente com o limão é a cachaça. O drinque de gin tônica com pepino e limão também já é um sucesso. A caipirinha tradicional e de lima da Pérsia também estão entre as preferidas do nosso público. No verão, as pessoas vêm muito aqui no pós-praia e, além dos drinques, não dispensam o bom e velho chope. A sensação que eu tenho é que todo mundo está brindando, além da chegada de 2022, a esperança e a certeza de que dias melhores virão — diz.

Uma batida também cai bem nesta época do ano. É o que garante Flávia Malheiros, moradora do Grajaú e sócia do Lá Di Casa, que entrega via delivery a bebida para toda região em diversos sabores.

As batidas de coco, chocolate com avelã e amendoim fazem sucesso no Lá Di Casa Foto: Divulgação/Lá Di Casa
As batidas de coco, chocolate com avelã e amendoim fazem sucesso no Lá Di Casa Foto: Divulgação/Lá Di Casa

— De uns tempos para cá, as pessoas têm curtido bebidas antigas. Tudo que remete ao passado, que tem um laço afetivo, está muito aflorado. Muita gente tinha o hábito de comprar batidas no Oswaldo, na Barra, e, durante a pandemia, com a chegada do Lá Di Casa, viraram nossos clientes. As mulheres preferem as batidas de coco e cacau com avelã. Já entre os homens, a mais pedida é a de amendoim. Todas as nossas batidas são vendidas em garrafas de vidro e vedadas com rolha, o que conserva o sabor natural da bebida. Nossas receitas são todas de família, pois minha avó era uma apaixonada por drinques caseiros —observa a empreendedora.

Leia mais: Confira os detalhes do Bar do Zeca Pagodinho no Flamengo

Com unidades nos polos gastronômicos da Tijuca e de Vista Alegre, o Bhar Ginteria Descolada é especialista em drinques. Sócio da casa, Mozart Jardim, morador de Vila Isabel. destaca o Roda Gigante — preparado com gin e xarope de frutas sortidas —, o Bem Princesinha — xarope de rosas e de morango, soda artesanal de framboesa e espuma de frutas vermelhas — e o Santa do Pau Oco, com gin pink, xarope de rosas e hibisco, além de redbull de melancia.

O drinque Roda-Gigante faz sucesso no Bhar Ginteria Descolada, que tem unidades na Tijuca e em Vista Alegre Foto: Divulgação/Mateus Rodrigues
O drinque Roda-Gigante faz sucesso no Bhar Ginteria Descolada, que tem unidades na Tijuca e em Vista Alegre Foto: Divulgação/Mateus Rodrigues

— Esses drinques são um sucesso com os clientes pois, além das suas composições leves, frutadas e bem docinhas, que são as pedidas do verão, eles ainda vêm em apresentações incríveis — ressalta.

No restaurante Lima Cocina Peruana, na Tijuca, a pedida são os drinques preparados com pisco (bebida alcoólica produzida exclusivamente a partir da uva). De acordo com Marco Espinoza, sócio da casa, com essa escolha a refrescância está garantida:

Os drinques preparados com drinques são destaques no La Cocina Peruana Foto: GABRIEL R / Divulgação/Gui Teixeira
Os drinques preparados com drinques são destaques no La Cocina Peruana Foto: GABRIEL R / Divulgação/Gui Teixeira

— Os drinques com pisco são a cara do verão. Tradição no Peru, o pisco é preparado com algumas variedades no Lima Cocina Peruana. Para os dias quentes, destaco as bebidas feitas com frutas vermelhas, maracujá e limão porque são leves, suaves, porém com personalidade e sabor.

No Bar do Honô, na Tijuca, um dos destaques da estação é o Tropical Sour, preparado com whisky, limão Tahiti e Siciliano, xarope de açúcar e água de coco. Sócio do empreendimento, o sommelier José Honorato define o que uma bebida precisa ter para estar em sintonia com as temperaturas ao estilo Rio 40º.

Bebidas refrescantes e leves são atrações do bar do Honô, na Tijuca Foto: Divulgação/Bar do Honô
Bebidas refrescantes e leves são atrações do bar do Honô, na Tijuca Foto: Divulgação/Bar do Honô

— Um drinque com a essência do verão deve ter cores, frutas e ser refrescante. Nesta temporada de calor e permitido usar e abusar de bases com whiskies, vodkas, água com gás, gin e espumantes. No Bar do Honô, os coquetéis são preparados com muito gelo e baixo teor alcoólico para deixar o verão mais alegre e fresco Uma dica: beber água para se hidratar entre um drinque e outro é fundamental — aconselha.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)





Source link

Leave a Comment