Indonesia News, Indonesia Covid News, Indonesia Booster Dose, Indonesia Launches Booster Jabs To Contain Omicron Spread


Indonésia lança booster jabs para conter propagação de Omicron

Covid na Indonésia: cerca de 40% da população indonésia é golpeada duas vezes

Jacarta:

A Indonésia abriu sua campanha de reforço ao coronavírus ao público na quarta-feira, enquanto o país registra infecções crescentes causadas pela variante Omicron.

As vacinas gratuitas serão dadas a idosos e residentes em risco como prioridade, mas estarão disponíveis para todos que receberam sua segunda dose seis meses antes, disse o presidente Joko Widodo na terça-feira após anunciar a decisão.

Os reforços serão administrados como meias doses – que um estudo local confirmou como proteção suficiente contra o vírus – devido à escassez de suprimentos, disse o ministro da Saúde Budi Gunadi Sadikin.

A Indonésia, o quarto país mais populoso do mundo, com mais de 270 milhões de pessoas, luta para obter vacinas suficientes para seus residentes desde o início da pandemia.

Idosos indonésios fizeram fila nos centros de vacinação em Jacarta na quarta-feira para seus reforços na esperança de melhor proteção contra a variante Omicron altamente contagiosa.

“Tenho de conseguir este remate porque tenho muitas actividades”, disse Hardini, de 84 anos, em Jacarta, depois de receber o seu terceiro remate.

“Ainda estou jogando tênis, correndo. Se não tiver imunidade, posso infectar pessoas ou ficar doente.”

A Indonésia está administrando meias doses para todas as suas vacinas aprovadas, das quais não há precedentes em outras partes do mundo, disse à AFP a porta-voz da força-tarefa Covid-19, Siti Nadia Tarmizi.

A Indonésia usa Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Sinovac da China para inoculações de Covid-19.

Alguns países, incluindo os Estados Unidos, estão injetando meia dose de Moderna como reforço.

A decisão de usar meias doses foi baseada em um estudo realizado pela Universidade da Indonésia e pela Universidade Padjadjaran em colaboração com o Ministério da Saúde, disse Tarmizi.

O país foi severamente impactado pela pandemia desde julho do ano passado, com os hospitais ficando sem leitos e oxigênio para tratar pacientes infectados.

Ele havia relatado mais de 4,2 milhões de casos confirmados de Covid-19 e mais de 144.000 mortes na quarta-feira.

Cerca de 40 por cento da população indonésia recebe golpes duplos.

A baixa taxa de vacinação está deixando o país vulnerável a novos surtos, especialmente da variante Omicron, mais transmissível, que está gerando números recordes de casos na Europa.

(Exceto pela manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed sindicado.)



Source link

Leave a Comment