Brazilian firms surfing corporate reorganization wave as IPOs dry up


Nos últimos dois anos, a bolsa de valores brasileira viu uma onda sem precedentes de startups abrindo o capital, criando o próprio setor de tecnologia do mercado doméstico. No entanto, ao longo de 2021, o esforço do Banco Central para controlar a inflação por aumentando as taxas de juros de referência fez com que a liquidez secasse. Agora, para 2022, essa tendência provavelmente assustará os recém-chegados e desencadeará uma enxurrada de reorganizações corporativas, com o objetivo de fazer IPOs em mercados internacionais.

A mudança começou no terceiro trimestre de 2021, quando ficou claro que o Banco Central seria ainda mais hawkish do que o esperado em seus aumentos de taxas de juros ….

Acesse todo o The Brazilian Report
Comece seu teste gratuito de 7 dias.

Teste grátis





Source link

Leave a Comment